Emissão de 2º via

TELEFONE

167

(de telefones fixos ou celulares)

Verde

Bandeira Tarifária

Dezembro / 2018

História da Cooperativa

Pessoas ligadas às comunidades de Passo do Gado, Madre e Congonhas, fundaram em 10 de outubro de 1963 a CERGAL - Cooperativa de Eletrificação Anita Garibaldi Ltda, com o objetivo de levar energia elétrica para essas localidades, uma vez que se encontravam isoladas da área urbana da cidade, e que devido à distância e a baixa densidade populacional não atraía o interesse da concessionária em supri-los porque não era viável economicamente. Assim, aquela gente batalhadora e ordeira, sobrevivendo a expensas de atividades rurais, não era contemplada pelo benefício da energia elétrica. Com muito denodo e sacrifício e com poucos recursos financeiros e materiais a CERGAL iniciou suas atividades no dia 06 de fevereiro de 1964, construindo as primeiras redes de energia elétrica de alta e baixa tensão, atendendo aos associados de Passo do Gado, Madre e Congonhas. Até o final do ano de 1964 já haviam sido ligados sete consumidores industriais e vinte comerciais e duzentos e trinta e sete residenciais.

 

No ano de 1967 foram construídas novas redes para o atendimento das localidades de Humaitá de Cima, Vila Esperança, São Bernardo e São Martinho. Naquela época, Humaitá de Cima e Vila Esperança não havia mais do que quinze residências, tratava-se de uma área alagadiça e imprestável para habitação, de pouco valor comercial e difícil acesso, tanto é que para se chegar a São Martinho tinha que se passar pelo Bairro São João. Nessas condições a CERGAL construiu redes de energia de alta e baixa tensão atravessando por dentro das propriedades rurais de Humaitá de Cima e Vila Esperança, a fim de atendê-los e chegando até as localidades de São Bernardo e São Martinho. Após alguns anos foi concluída a Rodovia BR 101, não demorou muito tempo para que o Governo Estadual construísse a Rodovia SC 438, cortando ao meio Humaitá de Cima e passando por São Bernardo e São Martinho. Essa Rodovia foi um marco importante fazendo com que estas áreas ficassem bastante valorizadas e prosperassem rapidamente em termos comerciais, industriais e residenciais, transformando-se rapidamente de área rural em área urbano. Mas isso só não basta se não fosse à presença das redes de energia elétrica da CERGAL para alavancar este crescimento. Para tanto, melhorias substanciais e investimentos foram dispensados para fazer frente ao crescimento energético. Também as localidades de Caruru, Sombrio e Jararacas foram beneficiadas com a energia elétrica levada pela CERGAL minorando o sofrimento daquelas famílias rurais. Como prova de sua competência e o descaso do Poder Público em levar energia nas comunidades mais distantes e carentes, a CERGAL foi solicitada para resolver a situação e assim o fez, construindo com muito sacrifício redes de alta e baixa tensão levando para localidades de Madre-Canal, município de Laguna, e Praia do Camacho, Garopaba do Sul, Dunas do Sul, Nova Camboriú, Laranjal, Morro Bonito e Jabuticabeira, no município de Jaguaruna.

 

No Ano de 2001 verificou-se um crescimento populacional nas áreas balneárias da região de Jaguaruna, comprometendo a qualidade e a continuidade da energia, vindo da subestação das Centrais Elétricas de Santa Catarina S.A em Tubarão, através do único alimentador existente para todo o sistema da CERGAL, o TRO-08, com extensão de aproximadamente 28 km, sujeitos este a toda sorte de interrupções de energia do sistema. Para melhorar a qualidade da energia, a CERGAL construiu no ano de 1998 um novo alimentador (JVA-05), com extensão de 9 km, com cabo de alumínio bitola 336,4 CA, saindo da subestação da CELESC no Município de Jaguaruna, até o ponto de entrega localizado no Morro Bonito. Com esse alimentador o sistema elétrico foi desmembrado em dois sistemas, um suprido pelo alimentador JVA-05, atendendo as áreas do município de Jaguaruna e o outro, TRO-08 para atender as áreas de Tubarão, Gravatal e Laguna. As redes dos dois sistemas foram seccionadas próximas à ponte do Rio Congonhas que faz limite com os municípios de Tubarão e Jaguaruna, sendo possível a operação de manobras para transferência de carga entre os respectivos alimentadores, caso necessário. Com essas mudanças e melhorias a qualidade e a confiabilidade de energia da região de Jaguaruna melhoraram em torno de 90%.

 

No ano de 2003, procurando melhorar a operacionalização do sistema de distribuição, indicadores de continuidade, e consequentemente a qualidade de energia fornecida e a satisfação de nossos consumidores, a CERGAL adquiriu 09 equipamentos de proteção de MT, religadores automáticos de última geração, instalando-os em lugares tecnicamente estratégicos, proporcionando uma melhor proteção e segurança a todo o sistema de distribuição. Com isto as faltas de energia e as demais ocorrências tiveram seu tempo de atendimento minimizado consideravelmente.

 

Também em 2003 a CERGAL adquiriu da Empresa Soluziona Utilities, atualmente INDRA, um software de alta tecnologia, com intuito de proporcionar uma melhor gestão do setor de distribuição, com resultados mais confiáveis nas análises e estudos técnicos. Para isto, fez-se necessário realizar em 2004 o levantamento e cadastro de todo os itens que integram a rede de distribuição da CERGAL como, postes, estruturas, condutores, medidores, consumidores, etc. Atualmente esta ferramenta é de extrema importância para os operadores do COD, principalmente para coleta das informações dos indicadores de continuidade a serem entregues à ANEEL.

 

Em 2005, para atendimento ao aumento de carga devido ao crescimento vegetativo bem como para atendimento a novas cargas nos municípios de Tubarão, Gravatal e Laguna, dentro dos padrões de qualidade exigida, a CERGAL adquiriu mais 01 Bay de saída (novo alimentador) partindo da subestação da CELESC em Tubarão, dividindo o único alimentador existente para atendimento a estas localidades, em dois, o TRO13 e TRO14, localizados na margem esquerda e margem direita do Rio Tubarão, tornando os circuitos atendidos pela CERGAL independentes.

 

Neste mesmo ano, o alimentador TR013 que atende as localidades da margem esquerda de Tubarão, foi dividido em 03 circuitos independentes com seus respectivos religadores de proteção, ou seja, o bairro de Humaitá de cima ficou sendo alimentado pelo religador RL-01 e os bairros de São Martinho, São Bernardo, Sombrio, Jararaca e Carurú, pelo Religador RL-02, além de um circuito reserva para alimentar exclusivamente as Indústrias da região. Com esse investimento ocorreu um melhora considerável nos indicadores de continuidade, bem como nas operações do sistema nesta região.

 

Também em 2005 foi criado o Centro de Operação da Distribuição - COD, com plantão 24 horas, importante setor responsável por diversas atividades como: Gerenciamento de todo o sistema de distribuição da CERGAL, auxiliando os eletricistas nos trabalhos de operação nas redes de distribuição, proporcionando assim maior segurança aos eletricistas; Registro de diversas informações necessárias no processo de gestão da distribuição, principalmente na coleta das informações para gerenciamento relativo às ocorrências que servirão como subsídio para os indicadores de continuidade a serem entregues mensalmente a ANEEL.

 

Para que todas as Cooperativas, distribuidoras de energia elétrica, continuassem a exercer suas atividades de distribuição de energia elétrica, ocorreu um processo Nacional para a regularização e inserção das mesmas no setor elétrico, onde em 2008, a CERGAL assinou seu contrato com a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL, tornando-se assim, Permissionária do Serviço Público de Distribuição de Energia Elétrica, passando a partir desta data, a fazer parte do setor elétrico como Cooperativa devidamente regulamentada, porém em um novo ambiente e uma nova realidade de gestão, passando assim a seguir toda legislação pertinente do setor elétrico, sendo suas atividades fiscalizadas regularmente.

 

Em 2008, todos os religadores do sistema da CERGAL, utilizando alta tecnologia, foram informatizados, ou seja, através do sistema supervisório tornou-se possível operá-los à distância, através dos operadores do Centro de Operação da Distribuição - COD, possibilitando executar as manobras de operação de abertura e fechamento dos mesmos, bem como as demais operações necessárias ao sistema, na própria sede da CERGAL, proporcionando flexibilidade e segurança no atendimento as ocorrências, reduzindo consideravelmente os tempos de atendimento, localização do defeito/falha e consequentemente da falta de energia, além de gerar relatórios para análise e estudo de proteção.

 

Em 2010 a CERGAL divulgou a sociedade as 32 normas técnicas das Cooperativas do sistema FECOERUSC, que até então não existiam. Estas foram elaboradas pelos engenheiros e técnicos de todas as cooperativas do Estado de Santa Catarina e foi um marco extremamente importante para o sistema, pois garantiu a unificação dos padrões nas instalações dentro das técnicas recomendadas e a segurança exigida.

 

A CERGAL vem desenvolvendo um projeto social desde o ano de 2010 chamado CERGAL nas Escolas, onde o objetivo do trabalho é ensinar as crianças a economizarem energia e ainda preservar o meio ambiente. Através da implementação do referido projeto, a Cooperativa leva informação e qualidade para escolas da região.

 

Em 2011 a CERGAL implantou e utiliza um sistema de gestão da qualidade para o escopo “Coleta de dados para apuração de indicadores de continuidade individuais e coletivos na distribuição de energia elétrica” onde obteve pela Empresa BRTUV Avaliações da Qualidade S.A, a certificação de qualidade da ISO 9001:208. Em 2012 obteve a manutenção do certificado e em 2013 além do escopo da apuração dos indicadores, também a certificação para o “Tratamento de reclamação de clientes”.

 

Geração de energia elétrica faz parte dos planos e investimentos da CERGAL, por isso criou a Cooperativa de Geração de Energia Elétrica e desenvolvimento Anita Garibaldi - CERGAL GD, onde é uma das cinco participantes do consórcio que está construindo a PCH de Santa Rosa de Lima, com geração de 6 MW.

 

As melhorias são uma constante. A CERGAL investe continuamente visando sempre a continuidade e a qualidade da energia consumida pelos associados. A história revela que a atuação da CERGAL durante estes 50 anos foi de importância fundamental no crescimento e desenvolvimento das comunidades por onde implantou suas rede de energia elétrica, devendo também destacar a atuação de todos administradores que através do amor e trabalho deixam a marca do progresso que o tempo jamais apagará.

Cooperativa de Eletrificação Anita Garibaldi
Estrada Geral da Madre , nº4680 , Bairro Andrino
Tubarão - SC - CEP: 88.706-100
Fone: (48) 3301-5284